Sobre os objetos BIM


Créez et publiez vos objets et de données pour le BIM

Numa maquete virtual, um objeto deve potencialmente conter a totalidade dos dados digitais que o caracterizam

Este conjunto inclui os dados geométricos, permitindo as suas diferentes representações, assim como todas as propriedades que serão utilizadas nas várias fases da modelação digital.

Estas propriedades permitirão efetuar cálculos em disciplinas diversas, antecipar o seu comportamento, avaliar o seu efeito no meio ambiente, como mantê-lo durante o longo período de exploração, ou ainda como controlar a sua reciclagem ou desmantelamento.

Na plataforma BIM&CO poderá, assim, introduzir a totalidade ou parte das seguintes informações:

  • Uma ou mais geometrias num ou mais formatos de software de arquitetura, correspondendo a diferentes representações gráficas do objeto
  • Dados para dimensionamento
  • Dados para os diferentes cálculos
  • Dados para a exploração
  • Fotos e documentos diversos, como por exemplo, para facilitar a respetiva utilização, cálculo, instalação e exploração

O que é um objeto BIM

No uso corrente, um objeto BIM é um modelo geométrico realizado com um software de arquitetura que possua atributos. Esta visualização não está adaptada ao uso no âmbito da modelação digital.

Na utilização corrente, um objeto BIM constitui um modelo realizado com um software de arquitetura BIM (REVIT ARCHICAD, ALLPLAN, SKETCHUP, etc.), constituído por uma geometria, fixa ou paramétrica, e por dados que são posicionados no modelo geométrico sob a forma de atributos, parâmetros ou propriedades (de acordo com a terminologia utilizada pelo referido software BIM).

Se o objeto for paramétrico, pode conter uma tabela, incluindo a totalidade ou parte dos valores possíveis para o mesmo, ou seja, os tipos (Por exemplo: uma janela e todas as dimensões possíveis para essa janela).

Exemplo de um forno em Revit, incluindo a tabela das propriedades e a lista dos tipos

No momento da utilização deste modelo por inserção no software BIM, o objeto é inserido com todos os seus parâmetros e diferentes tipos. O nome e utilização dos parâmetros são definidos pelo proprietário, segundo a sua própria lógica. Assim, dois objetos da mesma natureza, criados por duas pessoas diferentes, não têm qualquer possibilidade de possuir as mesmas propriedades, tornando impossível ou difícil a sua utilização por parte de um software de cálculo ou por um sistema de nomenclatura.

Embora a existência de elementos comuns possa facilitar o trabalho do criador no Revit (visto que todas as informações se encontram na família/objeto REVIT) ela não responde, no entanto, à estratégia BIM da possibilidade de trocar e usufruir dos dados, mas inscreve-se numa prática proprietária.

Um objeto BIM para a plataforma BIM&CO

Na BIM&CO os dados encontram-se dissociados da geometria. Os dados estão armazenados na base. A geometria é uma representação do objeto, podendo integrar a totalidade ou parte destes dados, em função das necessidades.

No BIM é essencial poder dispor de dados estruturados, fiáveis, acessíveis e atualizados. Trata-se de um dos pontos mais críticos no universo da modelação digital. Os dados são normalmente disponibilizados pelo fabricante, mas não se encontram facilmente acessíveis nem estruturados de forma satisfatória (ver capítulo sobre as propriedades).

Para responder a esta problemática, a plataforma BIM&CO permite armazenar as informações na sua base de dados. Estas poderão ser mantidas de forma simples pelo proprietário do objeto, e utilizadas em função das necessidades no momento da inserção ou atualização de um objeto ou ainda de um processo BIM.